Perfume de Outono

A minha escolha está feita.

Cada estação elejo uma fragrância nova para vir dar uma lufada de ar fresco à época e novas cores e texturas típicas de cada estação. Os clássicos ficarão para sempre e nunca jamais serão trocados por qualquer outro perfume.

Já são a minha marca, o meu cheiro, o meu cunho pessoal por onde passo. A minha segunda pele. Aquela sensação de reconhecer imediatamente qualquer peça de roupa de alguém somente pelo cheiro ou passar por alguém com determinado perfume ou lembrar-me exatamente que música estava a dar na Trignometria naquele verão, com 16 anos, em que conheci o Bernardo. É das capacidades das quais mais me orgulho e que mais nos lembra a importância do cheiro. Dos cheiros. Dos perfumes.

E para esta estação já elegi o caçulinha do meu espólio de fragrâncias. O Glam Star de Custo Barcelona.

É apresentado como um perfume dedicado a uma mulher muito feminina, com muita personalidade, que encontra na fragrância um potenciador dos seus dotes sedutores, um amplificador olfativo dos seus encantos. Ora nem mais. Foi feito para mim. Uma mulher moderna que sabe que cria tendência. Que adora o luxo e é sofisticada e admirada. Uma mulher única, poderosa e sedutora.

A embalagem e o frasco falam por si. A tampa, como uma coroa, é em metal dourado, adornada com peças que simbolizam jóias e gemas preciosas. “Diamonds Are a Girl’s Best Friend” já se dizia na Broadway.

Uma fragrância doce e suave, onde o jasmim, a framboesa, as madeiras de sândalo e cedro, entre outras, saltam à vista (ou ao cheiro) pertencente à família olfativa Chipre-frutada, que me encheu as medidas e veio ocupar lugar de destaque no  meu santuário de perfumes.

Experimentem e digam de vossa justiça.

O nosso perfume é o nosso cartão de visita.

 

Palavra de P.

 

por Paula Salgueiro

« « Carmo Avant Poise | Senhora dos anéis » »

Comentar

Comentários

Deixe o seu comentário